segunda-feira, 5 de junho de 2017

Luz UV e as amostras

Depois de andar a brincar com o pilas e a lanterna UV resolvi tirar umas fotos de amostras.

O uso de pintura UV já não é um tema novo, apesar de algumas marcas estarem a lançar modelos com este tipo de pintura no mercado. Utilizo o exemplo das Duo, que vêm assinaladas na caixa como "GLOW".

Alguns estudos sugerem que peixes predadores, como é o caso dos robalos/bailas, têm a capacidade de ver o espectro UV. Ao contrário dos nossos olhos que apenas conseguem identificar as cores do espectro de luz visível (o ultravioleta já não é possível visualizar sem a ajuda de luz UV).

Related image
Fonte: sciencenewsforstudents.org

Durante o dia (os robalos/bailas) auxiliam-se principalmente da visão para se alimentar. Com a diminuição da luminosidade  a linha lateral e a audição entram em ação, e a visão passa para segundo plano, onde apenas distinguem contrastes.

Com o aparecimento (ou melhor, com a utilização de tintas UV nas amostras, já que é algo que já se via nos anos 50/60 para outras utilizações) veio dar uma ajuda nas escolhas de artificiais noturnos.

Coloco alguns exemplos do que costumo utilizar:

 
De cima para baixo temos:

  1. Daiwa SLS Laser Chartreuse Rainbow
  2. Rapala MaxRap FGFR
  3. IMA KOMOMO Matt Ayu
  4. Daiwa SLS Z Chartreuse
  5. Feed Shallow White Clear Tail (P1)
Bom... vamos apagar as luzes e iluminá-las com luz UV...


Mais um exemplo de umas amostras que "encontrei" perdidas dentro de uma caixa e que tinha comprado para backups (MaxRap FGFR e Duo Terrif Red Gold)... 


E agora com a luz UV


Deixo um outro exemplo, de uma cor que gosto bastante para águas abertas e durante o dia...

Image result for komomo cotton candy

Quando iluminada...



Efetivamente, nada nesta pesca é certo... O exemplo deste ano em que peixes tirados durante a noite, sucumbiram aos encantos de amostras sem qualquer pintura UV e que costumava utilizar durante o dia... Se fosse fácil não teria a mesma piada.

Outro exemplo são as amostras completamente pretas, que fazem maravilhas em noites de lua nova...

Como nota final, parte da dieta (caranguejos, anelídeos, etc...) dos nossos amigos apresenta este comportamento quando iluminados da mesma forma que foram as amostras.

1 comentário: