segunda-feira, 3 de abril de 2017

Projeto cana v1

Para já terminou a versão 1 da remodelação...

A cana já foi estreada... e já se estreou com peixe...

O projeto base partiu do blank da Casini Infinity de 2,90m com ação 15-40g. A cana foi comercializada há uns anos na loja de pesca Maresia, como modelo exclusivo da loja...

A ideia era mesmo só aproveitar o blank. Tudo o resto foi retirado:

  • Autocolantes (apenas ficou o logótipo da Casini);
  • Grip de EVA retirado;
  • Porta carretos retirado;
  • Passadores retirados.
Deu-me mais trabalho retirar tudo o que estava agarrado ao blank, do que a restante construção da cana. Só para limpar o blank na zona do porta-carretos/grip foram 5h, divididas em 3 dias, com o Dremmel na mão a cortar plásticos, maçarico para soltar o epoxy, faca para tirar a maior, lixa para alisar, etc...

Ficam algumas fotos do inicio das limpezas... (Infelizmente, estava tão entretido com o trabalho que nem me lembrei de tirar fotos nos passos todos...)

Casini Infinity - Ainda sem ser mexida - Pic1

Casini Infinity - Ainda sem ser mexida - Pic2
Inicio da remoção do grip em EVA
Remoção dos passadores e dos enrolamentos antigos

Como a ideia era testar uma construção, com base num blank "limpo" nem todos os pormenores foram tidos em conta... A versão 2 será a construção de uma cana de raiz, com um blank novo como base. 

Inicialmente a cana contava com 9 passadores + ponteira, sendo 4 dos passadores bi-pata... Os passadores estavam em péssimo estado, cheios de verdete e ferrugem, e alguns nem foram preciso tirar o epoxy/enrolamento para ficar com eles na mão 😆

Acima referi o "inicialmente" pois não gostei do comportamento do blank com os 2,90m e acabei por cortar a ponteira uns bons centímetros. Após a construção a cana ficou com 2,78m!!!

Blank limpo de passadores - Porta-carretos e GRIP concluídos nesta fase
O corte na ponteira teve como razão, o facto do blank recuperar mais depressa após o lançamento. "Dançava" demasiado para o meu gosto.

Porta-carretos + GRIP já montados
A nível de material a escolha recaiu sobre:
  • Porta carretos Fuji VSS + Cortiça;
  • Rosca de segurança ALPS;
  • Manga termoretráctil preta;
  • GRIP EVA de alta densidade;
  • Passadores monopata Fuji KLAG
  • Ponteira Fuji SIC
  • Linha de catrafiar Fuji Azul
Com o corte na ponteira a cana passou de 9 passadores + ponteira para 8 passadores + ponteira. Na ponteira resolvi usar Fuji SIC em vez de Alconite, por ser a cerâmica que mais sofre com o multi.

FUJI KLAG
Dia da estreia - Pic1

Dia da estreia - Pic2

Dia da estreia - Pic3

Dia da estreia - Pic4
Primeiros lançamentos efectuados com algum receio do multi enrolar, visto que alterei os tamanhos e disposição de alguns passadores no blank... A aposta acabou por se revelar vencedora logo nos primeiros lançamentos... Fio a sair sem qualquer questão e os vinis a serem lançados bem longe. Posso dizer que o comportamento da cana superou, e bastante, as minhas expectativas.


Mas fica um video dos primeiros testes junto ao mar...


No segundo dia, foi quando ela resolveu fazer a estreia com peixe... Mas esqueci-me de meter a máquina a carregar então não há videos...

Tive um peixe bom, que de certeza teria a minha medida para reter, mas resolvi brincar com ele para ver como se portava o blank em tensão... Após quase 2 minutos de cabeçadas desferrou e lá foi à sua vida... 

Só testei artificiais entre as 20g e as 30g... Neste intervalo de gramagem, portou-se à altura com a performance que esperava dela, após os primeiros testes. Testei algumas rígidas que costumo usar com a MajorCraft Skyroad e não lhe notei grandes diferenças a nível de lançamento nem de sensibilidade. Vai certamente fazer parte da equipa titular nos tempos que se avizinham, não só por ser uma cana única mas também pelo comportamento que me enche as medidas.


1 comentário: